Pesou demais…

 …Cansei dessa rotina dividida e corrida! Quantas vezes vocês já não se pegou neste desabafo? E quantas outras considerou largar a vida de equilibrista, ou seja o lado do trabalho (sim, porque os filhos são permanentes, não é mesmo?)?

Se você não ficou só na divagação e teve coragem de deixar a empresa ou abandonar a carreira, conte esta experiência para as equilibristas de plantão.

Por vezes, algum motivo de força maior a empurrou de volta para casa, um problema de saúde, uma dificuldade do filho. Conte como foi a recompensa de ter se dedicado mais à família.

Você pode ter abandonado o trabalho e se arrependido depois… Essa história a gente também quer saber!!

Participe, deixe um comentário curto, faça contato (sei que o tempo é escasso). Esse espaço é para a gente bater papo e dividir as nossas experiências!

Conto com você! Um forte abraço,

Maggi

Anúncios

3 comentários sobre “Pesou demais…

  1. Katia Yoshizawa disse:

    Olá
    Tenho 46, tenho dois filhos, menina 13 anos e um menino de 4anos.
    Comecei a trabalhar com 12 anos, e parei aos 34 qdo tive minha filha.
    Assisti a entrevista com Marilia Gabriela sobre Vida de Equilibrista e fiquei um pouco chateada pois é dado muito ênfase da mulher de trabalha fora de casa. E percebi que a Dona de casa, aquela que largou tudo pela familia e que tambem rala e rola o dia inteiro praticamente não tem valor algum. Sera que a mulher só tem valor se trabalha fora e traz algum dinheiro pra casa?
    Nesses anos todos em que fiquei trabalhando dentro de minha casa, nunca deixei de me atualizar, ler um bom livro, ir ao cinema, participar da vida de meus filhos e marido, bordo costuro, faço trabalhos manuais, levo crianças na escola, faço academia, trabalhos sociais.
    Dizem que o trabalho da dona de casa só é reconhecido qdo não é feito.
    “você não passou a minha roupa?
    ” O almoço ta atrasado” e outros comentarios….
    Que tal dar um pouco mais de atenção para as pessoas responsáveis pelo que acontece dentro de casa.
    Obrigada.
    Kátia

    • equilibristas disse:

      Kátia, obrigada por participar do nosso blog!
      Temos certeza (e aí falo por mim e pela Cecília) de que a mulher que trabalha em casa e se dedica aos filhos tem incrível valor. Acredito que você e muitas outras fizeram uma escolha difícil e altruísta (ainda mais considerando mais de 20 anos de carreira!). Também sinto que a sociedade não valoriza suficientemente quem faz essa opção. No entanto, o livro da Cecília é sobre a Vida de Equilibrista, dores e delícias da mãe que trabalha e por isso a entrevista deu ênfase a esse tipo de vida. Ser equilibrista é cada vez mais comum, considerando que as mulheres hoje são mais de 50% da força de trabalho no Brasil.
      Também é a rotina da Cecília e minha… por isso aqui no site optamos por falar sobre esse assunto, que a gente conhece bem.
      Mas, sem dúvida, se alguém ouvisse sobre o dia-a-dia das donas-de-casa teria também um excelente material para um livro!
      Um beijo,
      Maggi

  2. Vivian disse:

    A rotina é bem cansativa mesmo para quem concilia as duas funções. Mas se há prazer, se é diversão (na maioria do tempo) dá para ir levando. Minha avó sempre dizia – “quem corre por gosto não se cansa”. Sou mãe de 2 meninas (1 e 3 anos) e advogada de duas empresas (uma multinacional e uma pequena, que atendo de sabado)e adoro ser mãe e trabalhar. Me divirto mesmo. As vezes eu surto, fico reclamando do cansaço, mas não consigo imaginar outra vida. Não consigo pensar em desistir, porque logo minhas filhas vão crescer e eu não quero sentir que eu não aproveitei elas e nem as oportunidades de trabalho.
    Não tenho babá. E trabalho em home office. Dá para imaginar como é minha rotina, né? Ontem me esqueci do aniversario da minha melhor amiga. Me sinto péssima. Mas tento não me cobrar muito.
    Quanto ao comentário acima, me solidarizo, quem deixa o trabalho para se dedicar à familia full time, na minha opinião, trata-se de uma pessoa corajosa e despreendida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s