Archive for novembro \19\UTC 2008

A web de saias

novembro 19, 2008

As mulheres estão em todos os lugares e não seria diferente no ambiente web. Segundo dados divulgados pela revista Meio Digital (www.meiodigital.com.br), em sua edição de junho deste ano, o Ibope/Net Ratings aponta que hoje existem 10,3 milhões de mulheres navegando na web. E mostra ainda que nos últimos 2 anos enquanto a média da evolução da internet residencial foi de 75%, o crescimento feminino foi de 93% e o masculino de 61%. O Brasil, com esses números, está em quarto lugar do ranking mundial em número de mulheres conectadas, segundo a mesma fonte.

Nos Estados Unidos, por exemplo, o número de mulheres conectadas é maior que o número de homens: 52% de mulheres contra 48% de homens. O mesmo acontece no Reino Unido e depois a Austrália com 49,2% de mulheres internautas.

O mais incrível disso tudo é que a mulher não vê a web como um espaço de consulta, relacionamentos ou serviços apenas. O grupo das mulheres começa a superar o dos homens na produção de conteúdos tais como postando blogs ou criando páginas na web. Aliás, nesse exato momento nós, nesse site estamos dando nossa contribuição para esse número seguir crescendo!

Como diz a revista, “é a web de saias”.

Anúncios

Evento Mulheres Empreendedoras

novembro 19, 2008

Cecília Russo Troiano será uma das presidentas de empresa (acreditem, a palavra presidenta existe!) que participará da segunda edição do evento “Mulheres Empreendedoras”, organizado pelo BI International. Estarão presentes, além de Cecília, outras 4 presidentas e a moderação será feita por Monica Waldvogel. O evento é fechado para 100 diretoras de médias e grandes empresas e acontecerá no próximo dia 27 no WTC, em São Paulo. Para mais detalhes, acesse o link: http://www.biinternacional.com.br/mulheresempreendedoras/mulheresempreendedoras.html

Super Executivas na América

novembro 14, 2008

connor212Esta semana saiu uma listagem com as “50 women to watch in 2008”, ou seja, as mulheres mais poderosas do business mundial, apontadas em reportagem especial do Wall Street Journal.  Entre elas, no número 49, uma brasileira, Celina Antunes, CEO da América do Sul da incorporadora Cushman & Wakefield Inc.  Veja a lista das 10 mais:

 

1.Sheila Bair – Federal Deposit Insurance

2. Indra Nooyi – Pepsico

3. Barbara Desoer – Bank of America

4. Hu Xiaolian – Bank of China

5. Christine Lagarde – Ministério das Finanças da França

6. Irene Rosenfeld – Kraft Foods

7. Ho Ching – Temasek

8. Ellen Kullman – DuPont

9. Anne Mulcahy – Xerox

10. Laura Tyson – Berkeley – Univ. da California

Mas o artigo, claro, provocou uma série de desdobramentos no jornal, que comenta a queda de 16,4% em 2005 para 15,4%, em 2008, de mulheres em posições de vice-presidente ou cargos ainda mais altos. Em um dos artigos: I Do Know How She Does It For many women leaders, the ultimate juggle — balancing a career at the top of the ladder and children — is just a way a life. But will it be the wave of the future? (para ler na íntegra,  http://sec.online.wsj.com/article/SB122608626544609119.html), o Wall Street Journal discute a vida de algumas executivas equilibristas. E usa o termo juggle, que significa manter vários objetos simultâneamente no ar e conseguir pegá-los (os famosos pratinhos ou bolinhas!!).  

Uma das executivas com múltiplas tarefas é Bobbi Brown, proprietária de uma empresa de cosméticos de mesmo nome e mãe de três. “Não sigo regras, faço minhas próprias regras”, conta ela, e diz que transforma sessões de fotos da empresa em férias da família (ou seja, leva filhos e marido junto). Debora Spar, presidente do Barnard College, autora de seis livros e mãe de três crianças, diz que leva uma vida frenética e a frase que mais usa é “hurry up” (vamos logo!). Apesar de planejar sua agenda com cuidado, ela ainda se preocupa por achar que não está tempo suficiente com as crianças… (sentimento universal, esse!). Lá nos EUA, onde estruturas com babás, empregadas, motoristas são muito mais caras, só há um meio de as executivas com filhos chegarem ao topo da carreira… contando com muita, mas muita ajuda mesmo, dos maridos. Em alguns casos, eles até sacrificam as suas carreiras em detrimento do sucesso das esposas, conclui o artigo.